Veja os 7 Fundamentos de Investimento da Carta anual de Warren Buffett

Na carta de Warren Buffett aos acionistas da Berkshire Hathaway em 2013, Buffett escreve sobre “certos fundamentos do investimento”. Esses fundamentos formam o núcleo da filosofia de investimento da Financials.

Por isso, incluí seleções de sua carta em relação a esses pontos-chave, juntamente com meus próprios comentários. Espero que meus pensamentos ajudem a ampliar o ponto que ele abordou.

Se você seguir o que estamos dizendo aqui, não tenho dúvidas que se tornará um investidor muito bem-sucedido.

Fundamento #1 – Você não precisa ser um especialista

Você não precisa ser um especialista para obter retornos de investimento satisfatórios. Mas se você não é, deve reconhecer suas limitações e seguir em frente. Mantenha as coisas simples e não se mova para as complexas. Quando alguém prometer lucros rápidos, responda com um “não” rápido.

O ponto de vista de Buffett é que o investimento não é algo que apenas os especialistas podem fazer. No entanto, se você não pretende manter o foco nas coisas em que é especialista ou se tornar um especialista, será muito melhor comprar um índice ou fundo de investimento.

Fundamento #2 – Foco no futuro

Concentre-se na produtividade futura do bem em que está investindo. Se não se sente confortável fazendo uma estimativa aproximada dos ganhos futuros do ativo, basta esquecer e seguir em frente. Ninguém tem a capacidade de avaliar cada possibilidade de investimento. Mas a onisciência não é necessária. Você só precisa entender as ações que compra.

Observar a história da empresa é apenas parte do processo de due diligence. Ele fornece pistas para o futuro, ou pelo menos elimina as empresas imprevisíveis de nossa lista considerada “muito difícil”.

O ponto chave é entender bem o negócio para estar confortável em investir na empresa. É necessário tentar projetar o crescimento do fluxo de caixa por pelo menos cinco anos.

Fundamento #3 – Não especule o preço da ação

Se concentrar na mudança repentina do preço das ações, você pode estar especulando. Não há nada impróprio sobre isso. Conheço, contudo, que não posso especular com sucesso, e sou céptico com aqueles que afirmam ter sucesso sustentado ao fazê-lo. Nenhum desses vencedores tem uma expectativa de lucro se continuar a jogar o jogo. E o fato de que um determinado bem tenha sido apreciado no passado recente nunca é um motivo para comprá-lo com expectativas para o futuro.

Não se preocupe com o aumento ou queda no preço das ações. Os preços das ações seguirão o valor intrínseco.

Se você sabe que o valor intrínseco vai melhorar ao longo do tempo, e sabe que está obtendo uma margem de segurança no valor intrínseco de hoje, essa é a hora de comprar. Não se torne um investidor “de momento”. Esse fundamento descrito na carta de Warren Buffett é o pilar do Value Investing.

Fundamento #4 – Compreenda o negócio

Os jogos são ganhos por jogadores que se concentram no campo – não por aqueles cujos olhos estão colados ao placar. Se você pode desfrutar dos sábados e domingos sem olhar para os preços das ações, experimente nos dias de semana.

Concentre seu tempo em entender as empresas e quais os resultados do fluxo de caixa que irão sustentar ao longo do tempo. Os preços de mercado estão lá para apenas dois propósitos: se queremos vender ou se queremos comprar.

Como não queremos vender, nossa principal preocupação com os preços é aproveitar os preços baixos para comprar. Caso contrário, não vale a pena assisti-los.

Fundamento #5 – Não faça pareceres baseados em previsões de mercado

Formar opiniões macro ou ouvir as previsões de mercado é uma perda de tempo. Na verdade, é perigoso porque pode desfocar sua visão dos fatos que são verdadeiramente importantes. Quando ouço os comentadores de TV terem uma ótima opinião sobre o que o mercado fará em seguida, lembro-me do comentário mordaz de Mickey Mantle: “Você não sabe o quão fácil é este jogo até chegar naquele posto de transmissão”.

Eu fui culpado de pecado por sair do mercado em certos momentos e tive muita sorte nessas saídas e nas entradas que se seguiram.

Fundamento #6 – Fique dentro do seu círculo de competências

Quando Charlie e eu compramos ações que pensamos como pequenas porções de negócios, nossa análise é muito semelhante à que usamos na compra de negócios inteiros. Primeiro, temos que decidir se podemos estimar um intervalo de ganhos por cinco anos ou mais. Se a resposta for “sim”, compramos a ação (ou o negócio). Se, no entanto, não temos a capacidade de estimar ganhos futuros, o que normalmente é o caso, simplesmente avançamos para outras perspectivas. Nos 54 anos em que trabalhamos juntos, nunca adiamos uma compra atraente por causa do ambiente macro ou político, ou a visão de outras pessoas. Na verdade, esses assuntos nunca surgiram quando tomamos decisões.

É vital, no entanto, que reconheçamos o perímetro do nosso” círculo de competência” e fique bem dentro dele.

Buscamos comprar empresas que entendemos a preços inferiores ao valor, independentemente do mercado no momento. E, novamente, não compre porque algo está subindo. Compre quando você conseguir uma pechincha sobre algo que você entende.

Fundamento #7 – Aguarde as boas ofertas

A maioria dos investidores, é claro, não fez o estudo das perspectivas de negócios uma prioridade em suas vidas. Se forem sábios, eles vão concluir que eles não sabem o suficiente sobre empresas específicas para prever no seu futuro o poder de ganho.

Novamente, se estudar seu círculo de competência não é uma prioridade, você não está tentando ser um investidor. Ou admita que você é um jogador e vai dar o seu melhor tiro, ou vai sair do jogo completamente comprando fundos de investimentos ou índice.

Conclusão da Carta de Warren Buffett

Você pode investir como Buffett, Munger e eu, mas exige estudar o mercado e a paciência para aguardar as boas promoções. Principalmente, exige que a disciplina não seja afetada por mercados em expansão ou em queda e emoções em massa.

Isso não é para todos, mas pode ser para você se estiver disposto a aprender. Felizmente para você e sua família, você é. Suas finanças agradecerão por isso.

CLIQUE AQUI e veja a carta de Warren Buffett de 2017.


Gostou do nosso artigo? Seja um membro Financials cadastrando seu e-mail ao lado e receba nosso conteúdo exclusivo!


CLIQUE no link abaixo e COMPARTILHE o conteúdo Financials nas redes sociais! Ajude outros investidores a saber sobre a carta de Warren Buffett!

Flavio Moura

Consultor Financeiro