Como comprar uma ação? Veja 4 Variáveis ​​para saber se essa ação é um bom investimento!

Avaliar o desempenho do mercado acionário e saber como comprar uma ação é algo muito individual de cada investidor. Assim como cada pessoa tem diferentes apetites para o risco, planos de diversificação e estratégias de investimento, todos os investidores têm padrões diferentes para avaliar o desempenho das ações.

Um investidor pode esperar um retorno anual médio de 10% ou mais, enquanto outros, como aqui na Financials esperamos um retorno médio da nossa carteira de 15% ao ano. Neste cenário há algumas variáveis ​​a considerar para ajudá-lo a avaliar se essa ação é um bom investimento para você.

#1 – Considere os retornos totais do ativo

O desempenho de uma ação precisa ser colocado em contexto para entendê-lo corretamente. Por alto, parece ótimo ver que uma ação valorizou 20% desde o início do ano ao visualizar o preço inicial versus o preço final. Porém você precisa olhar um pouco mais.

A ação estava anormalmente subvalorizada na data da compra? Se assim for, ele poderia empurrar seu valor para cima. Para combater isso, a maioria dos investidores olha para os retornos totais da ação.

Considere o desempenho real da ação durante um período, como se você tivesse investido nela no primeiro dia do período. Além disso, veja quanto ação tem pago em dividendos (DY) no período da compra, bem como ao longo das últimas 52 semanas. Finalmente, considere o retorno anual médio da ação.

#2 – Confira as perspectivas do mercado

Para avaliar uma ação, revise seu desempenho. Você pode estar satisfeito com uma ação que gerou uma valorização de 8% ao longo do ano passado. E se o resto do mercado está retornando esse mesmo valor?

Aproveite o tempo para comparar o desempenho da ação com diferentes índices de mercado, como o Ibovespa ou S&P 500 .Esses índices podem atuar como uma espécie de benchmark. Você também pode querer olhar como a economia tem feito durante o mesmo período, como a inflação aumentou e outras considerações econômicas mais amplas.

#3 – Olhe para os concorrentes

Vamos supor que uma ação está superando o mercado, mas com desempenho inferior ao seu setor. Por isso não se esqueça de considerar o desempenho da ação em relação aos seus principais concorrentes. Assim como empresas de tamanho semelhante em sua indústria.

Por exemplo, se você está avaliando uma pequena empresa de semicondutores, você não pode comparar uma microcap (empresa com poucos anos de vida) com uma bluechip (empresa já bem estabelecida) como a Intel.

Mesmo que os produtos das duas empresas possam competir uns contra os outros em alguns segmentos. Enquanto ele ajuda a ver como essa empresa de menor capitalização pode estar fazendo em relação aos seus concorrentes maiores, dá-lhe maior perspectiva para considerar também os concorrentes em fases semelhantes de seus ciclos de vida de negócios.

#4 – Outros fatores de como comprar uma ação

Além de olhar para os retornos totais de uma empresa, comparando-os com o mercado e pesando-os em relação aos concorrentes dentro do setor da empresa, existem vários outros fatores a considerar na avaliação do desempenho de uma ação.

Por um lado, você deve verificar se a empresa paga dividendos. Também aconselhamos saber como o reinvestimento desses dividendos podem melhorar seus retornos totais. Além disso, certifique-se do fator inflação no cálculo de retornos.

Especialmente quando você considera horizontes de longo prazo para seus investimentos. Isso é chamado de retorno real e pode ser feito simplesmente subtraindo a inflação do retorno anual do seu investimento.

Saiba mais AQUI como funciona a bolsa de valores e como comprar uma ação.


Gostou do nosso artigo? Seja um membro Financials cadastrando seu e-mail ao lado e receba nosso conteúdo exclusivo!


CLIQUE no link abaixo e COMPARTILHE o conteúdo Financials nas redes sociais! Ajude outros investidores a descobrir como comprar uma ação e se tornar um investidor de sucesso!

Flavio Moura

Consultor Financeiro