FBI Hillary – agência consegue mandado para analisar emails

Investigadores federais norte-americanos conseguiram um mandado para examinar emails recém-descobertos relacionados ao servidor privado de Hillary Clinton. No domingo uma fonte disse próxima à questão, enquanto um importante democrata acusou o diretor do “FBI Hillary” de infringir a lei ao tentar influenciar a eleição presidencial.

O mandado autoriza a Agência Federal de Investigação (FBI) a examinar os emails e ver se as correspondências eletrônicas são relevantes para sua investigação sobre o servidor privado de emails. Este foi usado para trabalhos governamentais por Hillary, candidata presidencial democrata, enquanto ela servia como secretária de Estado de 2009 a 2013.

O diretor do FBI, James Comey, recebeu grande pressão de democratas no domingo para divulgar rapidamente detalhes dos emails. Enquanto isso os aliados de Hillary temem que uma controvérsia prolongada. Poderia se estender para além da eleição de 8 de novembro. A transição de Hillary caso seja eleita presidente seria inevitável.

O líder democrata no Senado, Harry Reid, enviou uma carta a Comey no domingo. Ele diz que o diretor teria violado uma lei que proíbe o uso de uma posição governamental para influenciar uma eleição.

O anúncio do diretor do FBI, James Comey, de que sua agência está investigando mais emails relativos a uma investigação sobre o uso que Hillary fez de um servidor pessoal de correio eletrônico quando era secretária de Estado tumultuou a corrida presidencial e deu a Trump novas esperanças de uma virada improvável e uma vitória no dia 8 de novembro.

FBI Hillary

A controvérsia envolvendo a ex-primeira-dama se tornou mais problemática no domingo. Uma fonte a par do assunto disse que o FBI obteve um mandado para examinar emails recém-descobertos. Estes relativos ao servidor pessoal de Hillary.

A campanha da democrata e seus muitos apoiadores influentes no partido praticamente declararam guerra a Comey. O diretor foi indicado ao cargo pelo presidente democrata Barack Obama em 2013.

Pesquisas diárias de monitoramento devem refletir em breve se o novo escândalo está influindo na disputa. O país permite a votação antecipada e milhões de norte-americanos já foram às urnas.

Se Hillary vencer a eleição, ainda assim a polêmica dos emails pode ofuscar sua ida à Casa Branca. Veja a reportagem Reuters na íntegra.


Para você ser o primeiro a receber novas notícias basta colocar seu e-mail no campo abaixo:

[wysija_form id=”1″]


Agora CLIQUE no link abaixo e compartilhe nosso conteúdo nas redes sociais! Ajude outros investidores!

Flavio Moura

Consultor Financeiro