Pagar dívidas, fazer poupança ou aportar minha aposentadoria: onde devo guardar meu dinheiro?

Você deve pagar suas dívidas, colocar dinheiro no seu fundo de emergências ou economizar para sua aposentadoria? A resposta é que não há resposta. Não existe uma fórmula mágica de onde guardar dinheiro porque cada situação é diferente e você precisa levar em consideração sua carreira, estilo de vida e idade.

Se você é um servidor público com uma renda e aposentaria mais segura, talvez não precise se preocupar com o recebimento do seu salário. Mas se for trabalhador autônomo, provavelmente pode estar mais nervoso quando pensa na sua renda de curto prazo.

Se mora em uma cidade cara, também pagará mais por seu custo de vida do que alguém ganhando o mesmo salário em uma cidade mais barata. O que também significa que você terá menos dinheiro para pagar suas dividas.

Se é jovem e solteiro, pode assumir mais riscos com o seu dinheiro, porque o tempo está do seu lado e você pode compensar os erros no futuro. No entanto, se está se aproximando da aposentadoria ou tem uma família em crescimento para alimentar e um financiamento habitacional, o ideal é arrumar a casa. Mas como Flavio? Diminuindo seus custos e se planejando melhor para corrigir os erros no seu planejamento financeiro.

Então onde guardar dinheiro para render? O que fazer?

onde guardar dinheiro para emergencias

Dívidas

Ao investigar suas dividas é necessário ter alguns números para usar como seus objetivos financeiros. Olhe suas despesas fixas e variáveis, veja o que resta para colocar em poupança e saldar suas dividas. Adicione todas as suas dívidas e liste o pagamento mínimo para todas as suas dividas. (BAIXE AQUI SUA PLANILHA FINANCEIRA)

Uma dica que passo aos meus clientes para quitar rapidamente suas dívidas é a seguinte: adicione 20% do valor mensal da dividas. Com isso esses valores irão abater seu saldo devedor diretamente.

Por exemplo, a parcela da sua dívida é de R$500,00 por mês. Vinte por cento de R$500,00 são R$100,00, então você deve pagar R$600,00 por mês.

O valor das empresas de cartão de crédito calculam o valor mínimo da fatura com os juros sobre sua dívida, e mal cobre o saldo devedor principal. Isso significa que, em muitos casos, levará de 10 a 20 anos em média para quitar sua dívida, nem vamos entrar no detalhe do valor final. Adicione esses 20% e diminua em pelo menos 1/3 o pagamento de juros da sua dívida.

Aposentadoria

Calcule o quanto você pensa que pode precisar na sua aposentadoria e por quantos anos você precisará. A regra geral diz que você precisará de aproximadamente 75% da sua renda atual para cada ano em que você está aposentado.

Fundo de Emergência

Se você é funcionário público e tem uma renda garantida, o ideal é ter até três meses de renda para eventuais despesas. Para os empregados de empresas privadas é melhor calcular pelo menos seis meses de despesas de vida no seu fundo de emergência.

Inclui-se neste cálculo pelo menos os seguinte itens: aluguel, compras, gastos com serviços, transporte e 10% em sua receita para despesas diversas. Se você é trabalhador autônomo, deve economizar até um ano de despesas para compensar o risco.

Fazendo um plano de investimento

como guardar dinheiro ganhando pouco

Para começar, você deve tentar quitar suas dívidas em cinco anos. Economizar pelo menos R$100,00 para aposentadoria e R$100,00 em seu fundo de emergência por mês, ajustando-se conforme entender.

Se é jovem, o tempo está do seu lado e concentrar-se com economias de emergência mínimas é uma boa estratégia. Isso porque você deve ser capaz de compensar seus aportes de aposentadoria mais tarde.

Se está se aproximando da aposentadoria (dentro de 10 a 20 anos), concentre-se em quitar suas dividas enquanto economiza pelo menos três meses de despesas de emergência. Em seguida, comece a colocar essas economias em direção à aposentadoria e onde guardar dinheiro para emergências.

É importante começar com o seu fundo de emergência, em vez do contrário. Porque é muito arriscado ter suas economias bloqueadas para o longo prazo sem qualquer amortecimento para o curto prazo.

Depois de cumprir um dos seus objetivos (pagamento de dívidas ou poupança), continue a reservar dinheiro para os outros objetivos.

Reavalie suas necessidades e desejos

como guardar dinheiro para aposentadoria

Pode parecer impossível, mas você sempre pode reduzir despesas em algum lugar. É só uma questão do que você está disposto a abrir mão.

Pense nisso desta forma: se fizer um esforço para cortar a gordura, isso significa que você vai sair da dívida mais rápido. Vai economizar dinheiro mais rápido e ficar financeiramente mais seguro do que projetou originalmente.

Para obter resultados rápidos, reduza seus planos de TV a cabo e celular e faça compras em mercados varejistas (Atacadão).

Dicas finais

Para acelerar o seu plano de liberdade financeira, faça um plus nos seus ganhos: se receber um bônus ou uma restituição de impostos, liquide o mais rápido sua dívida com juros altos ou faça uma poupança.

Não gaste suas economias de emergência, a menos que seja uma emergência real e não planejada. Finalmente, continue economizando mesmo depois que sua dívida for concluída. Colocar pelo menos 10% do seu rendimento em investimentos para o resto da vida ajudará você a garantir segurança financeira.

Mantenha-se vigilante e não volte para seus velhos comportamentos de gastos. Não se desencoraje se as coisas não aconteçam como planejado. Lembre-se: isso não é uma corrida, é uma jornada.

Ainda tem dúvidas? CLIQUE AQUI e saiba mais sobre onde guardar dinheiro na crise.


Gostou do nosso artigo? Seja um membro Financials cadastrando seu e-mail ao lado e receba nosso conteúdo exclusivo!


COMPARTILHE no link abaixo o conteúdo Financials nas redes sociais! Ajude outros investidores a saber onde guardar dinheiro com sucesso!

Flavio Moura

Consultor Financeiro