Você sabe o que fazer para receber dividendos de ações? Aprenda imediatamente o passo a passo

Muitos investidores iniciantes não entendem o que é e como receber dividendos de ações, seja com uma ação individual ou um fundo de investimento. Um dividendo é simplesmente um pagamento aos acionistas, geralmente de uma empresa de capital aberto. Um pagamento de dividendos é uma parcela do lucro de uma empresa paga aos seus  acionistas.

No entanto, nem todas as empresas pagam dividendos. Normalmente, é o conselho de administração ou assembléia dos acionistas que determinam se um dividendo deve ser pago ou não com base em vários fatores financeiros e econômicos. Os dividendos são geralmente pagos sob a forma de depósito na conta dos acionistas mensalmente, trimestralmente ou anualmente.

Para receber dividendos os acionistas devem ter alguns requisitos antes de receberem o pagamento. Você deve ser um “acionista registrado” em uma determinada data designada pelo conselho de administração ou assembléia para se qualificar ao pagamento do dividendo.

As ações são às vezes referidas como “ex-dividendo”, o que simplesmente significa que eles estão negociando nesse dia específico sem elegibilidade de dividendos. Se você comprar e vender ações em sua data ex-dividendo, você não receberá o pagamento.

Agora que você tem uma definição básica sobre o que é um dividendo e como ele é distribuído, vamos nos concentrar mais em detalhes sobre o que você precisa entender antes de tomar sua decisão de como receber dividendos de ações. Continue a leitura e aprenda como receber dividendos de ações!

COMO OS DIVIDENDOS SÃO CALCULADOS

como calcular dividendos

Pode ser contra-intuitivo, mas quando o preço de uma ação aumenta, seu rendimento de dividendos realmente diminui. Muitos investidores principiantes podem incorretamente assumir que um maior preço das ações se correlaciona com um maior rendimento de dividendos.

Vamos aprofundar em como o rendimento de dividendos é calculado, para que possamos entender esse relacionamento inverso:

Os dividendos são normalmente pagos por ação. Se você possui 100 ações da ABC Corporação, as 100 ações são sua base para a distribuição de dividendos. Assuma que a ABC Corporação foi comprada por R$100,00/ação, o que implica um investimento total de R$ 10.000,00. Os lucros da ABC Corporação foram excepcionalmente elevados, de modo que o conselho de administração concorda em pagar ao seu acionista R$10,00 por ação anualmente sob a forma de dividendos.

Então, como proprietário da ABC Corporação por um ano, seu investimento contínuo na ABC Corp deve nos dar R$1.000,00 reais em dividendos. O rendimento anual é o valor total do dividendo (R$ 1.000,00) dividido pelo custo da compra (R$10.000,00) que nos dá em termos percentuais, 10%.

Se as 100 ações da ABC Corp fossem compradas a R$200,00 por ação, o rendimento cairia para 5%, já que 100 partes agora custam R$20.000.

A MECÂNICA DOS DIVIDENDOS

A questão que realmente devemos perguntar é se as ações que pagam dividendos são ou não um bom investimento. Os dividendos são derivados dos lucros de uma empresa, sendo justo supor, que na maioria dos casos os dividendos geralmente são um sinal de boa saúde financeira.

Do ponto de vista da estratégia de investimento, comprar empresas que possuem um histórico de bons dividendos acrescenta estabilidade ao seu portfólio. Vejamos novamente o investimento de R$10.000,00 na ABC Corporação. Se mantido por um ano, valerá R$11.000,00, assumindo que o preço das ações após um ano é inalterado.

Além disso, se a ABC Corp estiver negociando em média por R$90,00 ao ano, depois de comprado por R$100,00, seu investimento total depois de receber dividendos ainda é igual ao valor investido (valor de R$9.000,00 + R$1.000,00 em dividendos).

Este é o cerne na compra de ações que pagam bons dividendos. Ela ajuda a amortecer o sobe e desce dos preços das ações. Mas também apresenta uma oportunidade para a valorização das ações, juntamente com um fluxo constante de renda dos dividendos.

É por isso que muitos investidores lendários como John Bogle , Warren Buffett e Benjamin Graham defendem as virtudes de comprar ações que pagam dividendo como parte crítica da análise de ações.

RISCOS DOS DIVIDENDOS

como receber dividendos mensais

Durante o colapso financeiro em 2008-2009, todos os principais bancos reduziram ou eliminaram seus pagamentos de dividendos. Essas empresas eram conhecidas por pagamentos de dividendos consistentes e estáveis ​​a cada trimestre por literalmente centenas de anos. Apesar do histórico, o dividendo foi reduzido.

Em outras palavras, os dividendos não são garantidos e estão sujeitos a riscos macroeconômicos e específicos da empresa. Outra desvantagem potencial para investir em ações que pagam dividendos é que essas empresas geralmente não possuem probabilidade de alto crescimento de capital.

Existem poucas exceções, mas as empresas de alto crescimento geralmente não pagam dividendos aos seus acionistas. Mesmo que tenham superado significativamente a grande maioria de todas as ações nos últimos cinco anos. As empresas em crescimento tendem a gastar mais recurso em pesquisa e desenvolvimento, expansão de capital, retenção de funcionários talentosos e/ou fusões e aquisições.

Para essas empresas, todos os ganhos são considerados lucros retidos. Eles são reinvestidos de volta para a empresa em vez de recompensar os acionistas. É igualmente importante ter cuidado com empresas com rendimentos extraordinariamente elevados.

O rendimento médio de dividendos das empresas listadas no S&P500 flutuam em média entre 2-5%, dependendo das condições do mercado. Em geral, vale a pena fazer sua lição de casa. Investigue ao máximo as ações que pagam mais de 8%. Com isso vai conseguir descobrir o que está acontecendo verdadeiramente com a empresa.

Fazer esta due diligence irá ajudá-lo a decifrar as empresas e aprender como receber dividendos de ações. Principalmente as que estão realmente em ruínas financeiras daquelas que estão saudáveis e em boas condições econômicas. Portanto, apresentam uma boa proposta de valor de investimento.

COMO RECEBER DIVIDENDOS DE AÇÕES? CONCLUSÃO!

como investir para receber dividendos

Os dividendos são realmente uma distribuição discricionária que o conselho de administração de uma empresa dá aos seus atuais acionistas. Normalmente, é um pagamento em dinheiro feito aos investidores pelo menos uma vez por ano, mas às vezes trimestralmente.

As ações e fundos de investimentos que distribuem dividendos são baseados em empresas com históricos sólidos, mas nem sempre. Os investidores devem estar conscientes sobre rendimentos extremamente elevados. Lembre-se que existe uma relação inversa entre o preço das ações e o rendimento de dividendos.

Como ensinamos aqui, se o preço das ações de uma empresa continua a diminuir, o rendimento aumenta. Muitos investidores novatos começam a comprar uma ação apenas com base em um potencial dividendo futuro. Não há uma regra específica em relação a quanto é demais em termos de pagamento de dividendos.

Além disso, as ações que pagam bons dividendos geralmente fornecem estabilidade à sua carteira de investimento, mas dificilmente superam as ações de empresas em crescimento.

Ainda está com dúvidas? CLIQUE AQUI e saiba como investir e receber lucros de grandes empresas!


Gostou do nosso post? Seja um membro Financials cadastrando seu e-mail ao lado e receba nosso conteúdo exclusivo!


COMPARTILHE no link abaixo o conteúdo Financials nas redes sociais! Ajude outros investidores a saber como receber dividendos de ações!

Flavio Moura

Consultor Financeiro